SOCIODRAMA EM CENA: A SAÚDE DOS RESIDENTES DE EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

Autores

  • Niveamara Sidrac Lima Barroso Secretaria de Saúde do Estado do Ceará – Fortaleza (CE), Brasil.
  • Danielle Fernandes Vasconcelos Alves Centro Universitário 7 de Setembro – Fortaleza (CE), Brasil | Instituto de Psicodrama e Máscaras – Fortaleza (CE), Brasil.

Palavras-chave:

Saúde do trabalhador, Psicodrama, Políticas públicas, Estratégias de saúde

Resumo

Este artigo apresenta o uso do sociodrama como ferramenta no processo de formação de residentes em um hospitalensino na cidade de Fortaleza, no que tange ao desempenho dos seus papéis de profissionais de saúde-estudantes atuando em equipes multiprofissionais numa rede de assistência hospitalar. Foram utilizadas sessões de sociodrama num intervalo de 15 dias entre elas. As análises das sessões realizadas e os relatos dos residentes evidenciaram o potencial do sociodrama como importante estratégia de intervenção de políticas públicas na medida em que contribuiu para cuidar da saúde do trabalhador de saúde e empoderou o grupo multiprofissional, promovendo fortalecimento dos vínculos e melhorando o desempenho de seus papéis profissionais na instituição. Esse artigo contribui para a divulgação do Psicodrama no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-08-22

Como Citar

Barroso, N. S. L. ., & Alves, D. F. V. (2022). SOCIODRAMA EM CENA: A SAÚDE DOS RESIDENTES DE EQUIPE MULTIDISCIPLINAR. Revista Brasileira De Psicodrama, 30. Recuperado de https://revbraspsicodrama.org.br/rbp/article/view/534

Edição

Seção

Artigos Originais